Propagandas

Pesquisar no BLOG

quinta-feira, 2 de maio de 2013

Cadeia desativada em 2010 volta a receber presos em Piraju, SP.

Local irá alojar presos até remoção para Centro de Detenção Provisória.
Vereadores e moradores são contra a decisão de reativar o espaço.

Na última segunda-feira (22) foi realizada uma audiência na Câmara de Vereadores de Piraju (SP) para discutir o aproveitamento da antiga cadeia da cidade. O encontro reuniu moradores e vereadores, além do delegado seccional de Avaré (SP), Jorge Cardoso.

De acordo com o delegado, o antigo local onde funcionava a cadeia vai funcionar como uma unidade de inclusão de trânsito, ou seja, irá receber presos transitórios. Logo após a detenção, os presos ficam no prédio, mas em seguida devem ser levados para um Centro de Detenção Provisória (CDP). Ainda segundo o delegado, a população não precisa se preocupar com rebeliões. “A unidade não vai superlotar, pois os presos não permanecerão aqui. Não há motivo para se preocupar”, explica.

O governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alcmin, determinou que... até agosto de 2013 todas as cadeias do estado sejam desativadas e substituídas pelos CDPs.

A cadeia de Piraju foi interditada por decisão judicial em 2010. O Ministério Público constatou que o local estava superlotado e oferecia más condições sanitárias nas celas.

Apesar da contrariedade de alguns vereadores que participaram da sessão, o delegado afirmou também que a decisão é irreversível. “É uma unidade prisional diferente do antigo sistema. A decisão não será mudada”, conclui.
G1 Itapetininga e Região

TWITTER

Siga o BLOG pelo Google+

Google+ Seguidores

Interessados