Propagandas

Pesquisar no BLOG

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Beneficiados com saída temporária, 57 não voltam para a cadeia no Vale.

Número representa 3,1% do total de presos beneficiados na região.
Grupo que não retornou no prazo é considerado foragido pela Justiça.

Dos 1.829 presos do regime semiaberto que receberam o benefício da saída temporária no Dia dos Pais, 57 não retornaram para a cadeia no prazo estabelecido e são considerados foragidos pela Justiça. O grupo que não voltou representa 3,1% do total de detentos beneficiados em três presídios de Tremembé...>

No presídio Edgar Magalhães Noronha (Pemano), 51 dos 1.583 detentos beneficiados com a saída temporária não retornaram. Na penitenciária Doutor José Augusto César Salgado, a P2 de Tremembé, apenas um detento dos 128 beneficiados não voltou para a cadeia e na P2 Feminina, cinco das 118 internas não retornaram.

Os últimos a retornarem para a cadeia foram os detentos da P2, que tiveram a última quinta-feira (15) como prazo máximo para o retorno. O G1 procurou a Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) no mesmo dia, mas o balanço só foi divulgado na tarde desta terça-feira (20).

Um balanço feito pelo G1 por meio de dados obtidos com a SAP mostra que somente nos últimos cinco anos, 2.175 detentos beneficiados por saídas temporárias em presídios da região não retornaram ao presídios. Em 2013, o número de evasões é de 199 em quatro unidades prisionais do Vale do Paraíba após benefícios concedidos na Páscoa, no Dia das Mães e Dia dos Pais.

Na saída temporária do Dia dos Pais em 2012, 1.574 detentos foram beneficiados e 44 não retornaram. O maior número de evasões também aconteceu em uma saída temporária do Natal e Ano Novo em 2011, quando 137 presos não voltaram para a cadeia.

O benefício é concedido na Páscoa, Dia das Mães, Dia dos Pais, Dia das Crianças, além de Natal e Ano Novo. Nos últimos cinco anos, foram concedidas saídas temporárias em cinco unidades prisionais do Vale do Paraíba - três presídios de Tremembé, um Centro de Ressocialização em São José e o Centro de Detenção Provisória de Caraguatatuba.
G1 Vale do Paraíba e Região

TWITTER

Siga o BLOG pelo Google+

Google+ Seguidores

Interessados