Propagandas

Pesquisar no BLOG

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Juiz proíbe agentes do Deap de ficarem nas audiências do caso Deise Alves.

Servidores da Inteligência do departamento acompanhavam depoimentos no Fórum de São José.

A pedido de advogados de defesa dos réus, o juiz Otávio Minatto proibiu na tarde desta quarta-feira a permanência de agentes penitenciários do Departamento de Administração Prisional (Deap) no salão em que acontecem as audiências da morte da agente Deise Alves, no Fórum de São José.

Servidores do setores de inteligência do Deap assistiam os depoimentos na plateia e faziam anotações em blocos e no computador. Dois advogados de defesa pediram ao juiz que eles não permanecessem no local diante das denúncias de tortura na cadeia que desde terça-feira estão sendo relatadas pelos réus.
Diogo Vargas
DIÁRIO CATARINENSE

TWITTER

Siga o BLOG pelo Google+

Google+ Seguidores

Interessados