Propagandas

Pesquisar no BLOG

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Operação de segurança apreende drogas, celulares e armas artesanais em três presídios da Paraíba.

Uma operação de segurança, realizada pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), apreendeu drogas, celulares e armas artesanais nos presídios do Róger, Sílvio Porto, PB-01 e PB-02, em João Pessoa. A ação denominada “Esparta” foi coordenada pelo secretário de Estado de Administração Penitenciária, Wallber Virgolino, e teve o objetivo de combater o crime organizado nas unidades de prisionais.


A operação também identificou os responsáveis pela utilização dos objetos e conseguiu recapturar o apenado, Jelsean Mendes De Silva, acusado de homicídio, que no momento da prisão se encontrava no interior de um supermercado, localizado na estrada de Cabedelo.

VEJA AS FOTOS...>
De acordo secretário Wallber Virgolino, nos últimos dois dias foram realizadas quatro operações nos presídios da capital. “ Estamos combatendo o crime organizado com ações estratégicas. Operações, a exemplo das que foram realizadas nos últimos dois dias, tendem a se repetir em todas as unidades prisionais da Paraíba”, afirmou o secretário.
O trabalho contou com a mobilização de agentes do Grupo Penitenciário de Operações Especiais, Força Tática Penitenciária, Gerência de Inteligência e agentes do Complexo de Jacarapé, Silvio Porto e Roger.
Foram apreendidos 96 celulares, carregadores, facas, fogões artesanais, redes de plástico, máquinas de tatuagem, maconha, cocaína, além de estimulantes sexuais. O que chamou a atenção dos agentes foi a quantidade de cachaça artesanal apreendida nas unidades, que foram produzidas pelos próprios apenados utilizando a fermentação da casca das laranjas. 

Todo material apreendido foi encaminhado para a Polícia Civil.
Alguns dos detentos também foram flagrados com dinheiro escondido em livros, anotações sobre a venda de drogas, com locais das dívidas, quantidades pendentes e números de contas para depósito.
Walber Virgolino também destacou a importância do novo circuito de câmeras instalado pela Administração Penitenciária no presídio do Róger. “Nossas imagens flagraram um indivíduo jogando 30 celulares dentro da unidade prisional, que foi identificado e detido imediatamente”, finalizou o secretário.
Folha do Setão

TWITTER

Siga o BLOG pelo Google+

Google+ Seguidores

Interessados