Propagandas

Pesquisar no BLOG

sexta-feira, 10 de maio de 2013

Detentos reivindicam direitos e fazem ameaças à direção de presídio.

Detentos da Penitenciária Regional de Esperantina Luís Gonzaga Rebelo produziram uma carta, e a entregaram à Direção do Presídio, reivindicando seus direitos e fazendo ameaças. A informação foi postada pelo Sindicato dos Agentes Penitenciários (Sinpoljuspi), através de comunicado em sua página no Facebook.

Segundo a postagem, o escrito foi feito por detentos do Pavilhão B, que reivindicam uma alimentação melhor e que seja autorizado à visita das famílias. “Agentes Penitenciários da Penitenciária Regional de Esperantina Luís Gonzaga Rebelo receberam carta dos presos do Pavilhão B daquela unidade reivindicando seus direitos e fazendo ameaças implícitas através da mesma”, diz o comunicado.

A informação conta ainda que... a carta foi feita e entregue a mais de 10 dias e a direção do presidio até agora não fez nada para resolver a situação. “Esclarecemos ainda que a carta, apesar de não está datada, tem uns 10 (dias) que foi entregue à Direção do Presídio, através da qual a Sejus [Secretaria de Justiça]deve ter sido informada. Contudo, até hoje nada foi feito e a situação se agrava a cada dia”, informou.

Além de declarar a carta dos detentos, o sindicato se utilizou do comunicado para denunciar a situação vivida atualmente pela penitenciaria. Segundo eles, apenas quatro agentes trabalham por plantão para “cuidar” de 180 presos. “Hoje (07.05.2013) só 04 (quatro) Agentes Penitenciários estão de plantão, diga-se de passagem sem equipamentos de segurança, resguardando 180 (cento e oitenta) presos”, denunciou o comunicado.

Veja abaixo o comunicado na integra:

Agentes Penitenciários da Penitenciária Regional de Esperantina Luís Gonzaga Rebelo receberam carta dos presos do Pavilhão B daquela unidade reivindicando seus direitos e fazendo ameaças IMPLÍCITAS através da mesma. Esclarecemos ainda que a carta, apesar de não está datada, tem uns 10 (dias) que foi entregue à Direção do Presídio, através da qual a SEJUS deve ter sido informada. Contudo, até hoje nada foi feito e a situação se agrava acada dia. Hoje (07.05.2013) só 04 (quatro) Agentes Penitenciários estão de plantão, diga-se de passagem sem equipamentos de segurança, resguardando 180 (cento e oitenta) presos. O SINPOLJUSPI não divulgou a carta antes tendo em vista que como estávamos na iminência de uma greve o fato poderia gerar insegurança maior do que a já verificada no interior dos presídios. Trecho da carta assinada pelos detentos do Pavilhão B diz: "Em primeiro lugar nossa alimentação que esta sendo mal feita quando trazem nossa alimentação no caso comida as moscas e varijeira fazem a festa" A carta diz ainda: "Nosso direito de assistência tanto social , medica, jurídica que a lei federal da pra todo preso...." Já quase no final da carta os presos dizem: "E não queremos resolver da pior forma..." (Trechos retirados conforme escritos pelos detentos).
Portal AZ

TWITTER

Siga o BLOG pelo Google+

Google+ Seguidores

Interessados