Propagandas

Pesquisar no BLOG

segunda-feira, 1 de julho de 2013

Agentes penitenciários vão retomar greve no Piauí a partir de 1º de julho.

A alegação é de que o governo do Estado não teria cumprido acordo coletivo com a categoria assegurando reajuste.
Os agentes penitenciários do Piauí decidiram, durante assembleia geral da categoria, realizada nesta terça-feira (25), retomar paralisação nas unidades prisionais do Estado. Em nota oficial à imprensa, a diretoria do sindicato informa que o movimento será reiniciado no dia 1 de julho deste ano.

“Nossa decisão se justifica porque o governo do Estado não cumpriu o acordo fechado com a categoria. Acertamos que o reajuste de 55% seria concedido em três anos. O projeto enviado à Assembleia não foi o mesmo. Por isso voltamos a greve”, explica o presidente Sindicato Dos Agentes Penitenciários do Piauí (Sinpoljuspi), Vilobaldo Carvalho.

Segundo a categoria, o acordo com o governo foi:... 7% a cada mês, de maio de 2013 a 2015; 9%, 11% e 14% nos meses de novembro de 2013 a 2015. Já o projeto enviado pelo governo, de acordo com o representante dos agentes penitenciários, não especifica os percentuais de reajuste. O projeto apresentaria valores em reais.

“Essas correções são inferiores aos cálculos realizados de acordo com os percentuais estabelecidos no ofício da Secretaria da Administração. Agindo assim, o governo praticou uma quebra de acordo com a categoria”, avalia Vilobaldo Carvalho.

No entanto, o Sinpoljuspi aceita suspender o movimento imediatamente se o governo encaminhar aditivo ao projeto de lei, que trata do reajuste, inserindo tabela com os percentuais de aumento.
Lívio Galeno
CidadeVerde

TWITTER

Siga o BLOG pelo Google+

Google+ Seguidores

Interessados