Propagandas

Pesquisar no BLOG

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

'Gardenal' passa mal em julgamento e é absolvido de homicídio de agente.

Alexandre de Sousa Ribeiro foi condenado por formação de quadrilha.

Ele é considerado um dos homens mais perigosos do Ceará pela polícia.

Alexandre de Sousa Ribeiro, conhecido com Alex 'Gardenal', foi absolvido na noite desta quarta-feira (21) da acusação de matar o agente penitenciário Francisco Kléber, em 2007. E foi condenando, no entanto, a 2 anos e quatro meses por formação de quadrilha. O promotor de Justiça Valter Filho afirmou que vai recorrer da decisão pedindo a condenação também pelo crime de homicídio...>

Pela pena menor de quatro anos, o condenado cumpriria em regime semi-aberto. "Como ele já tem antecedentes criminais e está preso, ele vai permanecer preso no presídio de Rondônia e vai somar essa pena às demais", explica o promotor de Justiça.

O julgamento durou mais de seis horas e o réu passou mal no início da tarde desta quarta. A promotoria alegou que ele teria condições de manter-se no Fórum, mantendo a continuidade do julgamento.

Segundo a acusação, a vítima trabalhava no Instituto Penal Paulo Sarasate (IPPS), onde era conhecido pela atuação rigorosa. Por isso, passou a ter atritos com alguns detentos, que se uniram para planejar e determinar a execução.

Francisco Kléber foi morto no dia 11 de novembro de 2007, por volta das 17 horas, quando retornava para casa, na Rua Antonina do Norte, no Bairro São Gerardo, em Fortaleza. Ele foi surpreendido por dois homens, em um automóvel, que dispararam vários tiros de pistola.

Dos 16 disparos efetuados, 12 acertaram o agente fatalmente. De acordo com o promotor de Justiça Walter Filho, o assassinato do agente penitenciário teria sido ordenado, de dentro do IPPS por Alex Gardenal.

Alex Gardenal foi julgado por homicídio triplamente qualificado, por motivo torpe (vingança), meio cruel e com uso de recurso que tornou impossível a defesa da vítima, além de formação de quadrilha. Ele negou envolvimento no crime. No seu histórico criminal, Alex Gardenal acumula processos e condenações por assaltos a bancos e a carros-fortes, além de sequestros e homicídios.
G1 CE

TWITTER

Siga o BLOG pelo Google+

Google+ Seguidores

Interessados