Propagandas

Pesquisar no BLOG

terça-feira, 6 de agosto de 2013

Crack volta a ser encontrado em prisões de SP após 11 anos 'barrado'.

Agentes penitenciários voltaram a encontrar pedras de crack com detentos em presídios de São Paulo, 11 anos depois de a droga ter sido "barrada" pela facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC).

Houve pelo menos quatro apreensões de crack em prisões da capital paulista, do litoral e do interior do Estado. A última ocorreu em outubro de 2012, quando foram encontradas 25 pedras da droga no Centro de Detenção Provisória Belém, na zona leste. As informações são do jornal Folha de S. Paulo..

Em 2002, o PCC "vetou" o crack nos presídios de São Paulo devido ao aumento do número de mortes de presidiários motivadas pela violência consequente de dívidas de droga. Os assassinatos pararam após a proibição.

As prisões não permitem, oficialmente, a entrada de qualquer droga ilícita. Porém, dois diretores de presídios afirmaram que a maconha é mais tolerada, pois deixa os presos mais tranquilos - o que não acontece com outras drogas, como cocaína e crack.

A Secretaria de Administração Penitenciária, no entanto, afirma que coíbe a entrada de drogas e outros produtos ilícitos nas 156 penitenciárias de São Paulo. 
Terra

TWITTER

Siga o BLOG pelo Google+

Google+ Seguidores

Interessados