Propagandas

Pesquisar no BLOG

terça-feira, 6 de agosto de 2013

Famílias visitam presos após fim da greve dos agentes prisionais em MT.

Visitas ocorreram neste sábado (3) em unidades prisionais do estado.

Agentes suspenderam greve após governo garantir reavaliar reivindicações.

Com a suspensão da greve dos agentes prisionais, familiares puderam visitar os reeducandos quem cumprem pena nas unidades prisionais do estado, neste sábado (3). Os parentes estavam sem manter contato com os presos, pois as visitas haviam sido suspensas por conta da paralisação que durou 8 dias e encerrou nesta sexta-feira (2) depois que o governo prometeu à categoria a reavaliação das propostas apresentadas aos grevistas...>

Uma hora antes do horário normal de entrada, muitas pessoas já estavam em frente à Penitenciária Central do Estado, antigo presídio do Pascoal Ramos, em Cuiabá, considerada maior unidade prisional do estado. Muitos levaram alimentos e produtos de higiene para os detentos. Na quarta-feira (31), por conta da suspensão das visitas, houve confusão nessa mesma penitenciária. Mulheres jogaram pedras nos agentes por terem sido impedidas de entrar na unidade e uma delas chegou a ser presa pela Polícia Militar.

Nesta semana, a Justiça determinou que 70% dos profissionais permanecessem trabalhando, no entanto, o Sindicato dos Servidores do Sistema Penitenciários de Mato Grosso x (Sindispen) recorreu da decisão e apenas 30% do efetivo trabalharam durante a greve.

A greve continua suspensa até a próxima sexta-feira (9), quando o governo deve dar uma posição sobre as negociações. Durante a semana, foram abertas 100 vagas temporárias de agentes para substituir os grevistas.

Os agentes reivindicam 20% de aumento referente a 2012, 25% para 2013 e 30% em 2014. O governo ofereceu 5% em 2014 e 5% em 2015, porém, a proposta foi rejeitada. O salário inicial de agente prisional é de R$ 1.998,00.

O presidente do Sindspen, João Batista de Souza, informou que a greve foi suspensa temporariamente porque o governo garantiu reaver a pauta de reivindicações considerando a possibilidade do pagamento de adicional de insalubridade, uma das cobranças da categoria. De acordo com o sindicalista, durante a reunião com o governador Silval Barbosa houve também a garantia de que para o próximo concurso, será exigido nível superior. O salário-base de um agente prisional é de R$ 1.998. Eles querem a recomposição de 20% referentes a 2012, 25% para este ano e 30% para 2014.
G1 MT

TWITTER

Siga o BLOG pelo Google+

Google+ Seguidores

Interessados