Propagandas

Pesquisar no BLOG

quarta-feira, 4 de julho de 2012

Princípio de rebelião deixa agentes prisionais feridos em Florianópolis.

Um princípio de rebelião terminou com dois agentes prisionais feridos no Complexo Penitenciário de Florianópolis, na manhã desta segunda-feira. A confusão começou por volta das 7h, quando os funcionários do presídio frustraram uma tentativa de fuga de três detentos, que chegaram a serrar as grades de uma das celas, mas foram contidos ainda no pátio.

Depois disso, cerca de 200 presos se amotinaram e se recusaram a entrar nas celas. Houve confusão, dois agentes foram feitos reféns e acabaram agredidos. A Polícia Militar precisou usar bombas de efeito moral para conter o motim.

O diretor do Departamento de Administração Prisional (Deap) de Santa Catarina, Leandro Lima, informou que, após a confusão, determinou a transferência imediata de 70 presos para complexos do interior do Estado. Lima elogiou a conduta dos agentes, que impediram uma confusão ainda maior.

"Esses servidores agiram de acordo com as normas e com muita coragem, se impondo sobre a porta e inclusive se ferindo por isso", afirmou. "Foi uma tentativa frustrada de fuga e por isso os outros presos iniciaram um motim, em solidariedade aos que foram impedidos de fugir."

Os dois agentes foram levados a um hospital de Florianópolis com ferimentos leves.
FABRICIO ESCANDIUZZI 
TERRA

TWITTER

Siga o BLOG pelo Google+

Google+ Seguidores

Interessados