Propagandas

Pesquisar no BLOG

quarta-feira, 3 de julho de 2013

Agente penitenciário preso chantageava mãe de detento.

Mãe de um interno pagou duas vezes pela segurança do filho.

Suspeito foi encaminhado ao Iapen.

O agente penitenciário, João Mauro Sarmento Rebelo, 37 anos, foi preso preventivamente nesta terça-feira (2), suspeito de extorsão e corrupção passiva. De acordo com informações da Secretaria de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), o agente chantageava a mãe de um dos internos do Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen), para garantir a integridade física do detento.

"A vítima relatou que o filho dela recebia ameaças", disse o secretário de Segurança Publica, Marcos Roberto. O agente penitenciário recebeu dinheiro por duas vezes da vítima. A primeira quantia de R$ 1,2 mil foi recebida em mãos, a segunda de R$ 500 foi depositada na conta bancária do suspeito.

"A vítima nos procurou e relatou o caso. Com a quebra do sigilo bancário da conta corrente informada por ela, descobrimos que a extorsão era feita por um agente. Em seu depoimento, a vítima confirmou que...
a pessoa para quem havia dado o dinheiro era o agente. A princípio ela não sabia que o suspeito era um servidor público", contou Marcos Roberto.

A Polícia Civil não soube informar há quanto tempo a prática era realizada pelo agente penitenciário e nem se outras pessoas também foram vítimas dos crimes. "Ainda estamos investigando se outras pessoas estão relacionadas com o caso. Apenas com o desdobramento da investigação vamos ter mais informações", afirmou o secretário de Segurança Pública.

João Rebelo prestou depoimento no Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) e foi encaminhado ao Iapen. Se condenado, por extorsão, o suspeito poderá sofrer pena de 5 a 12 anos, e corrupão passiva de 2 a 12 anos. Um processo administrativo também será instaurado contra o suspeito. O suspeito é agente penitenciário concursado desde 2003.
G1 AP

TWITTER

Siga o BLOG pelo Google+

Google+ Seguidores

Interessados