Propagandas

Pesquisar no BLOG

sábado, 2 de fevereiro de 2013

Detento leva quatro tiros ao deixar penitenciária.

Crime aconteceu na Rua Diva Garcia, a pouco metros do portão de acesso à unidade prisional.

Um detento, 32 anos, foi alvejado por quatro tiros, na manhã de sexta-feira (25), quando deixava o complexo penitenciário do Bairro Linhares, Zona Leste. Segundo a PM, o crime aconteceu na Rua Diva Garcia, a poucos metros do portão de acesso às penitenciárias Ariosvaldo Campos Pires e José Edson Cavalieri, por volta das 11h. A própria vítima, oriunda da Cavalieri, relatou aos policiais que, ao deixar a unidade prisional, onde cumpria pena desde maio de 2012, um homem que estava em uma motocicleta, cor prata, efetuou disparos contra ela, sendo atingida no braço e perna esquerdos, nas costas e de raspão na região do abdômen. 

O comandante da 70ª Companhia da PM, capitão Wellington Barreto, disse que o preso baleado havia sido beneficiado com a saída temporária. "Ele saiu a pé e foi surpreendido por alguém que o esperava em uma moto perto de um morro. Tinha PM nas imediações, mas não conseguimos pegá-lo."

A unidade prisional acionou o Samu, encaminhando o ferido para o Hospital de Pronto Socorro (HPS). De acordo com a Secretaria de Saúde, no final da tarde, a vítima... aguardava para dar entrada no centro cirúrgico. 

A PM fez um cerco em frente ao posto policial do Linhares, no cruzamento das ruas Diva Garcia e Ângelo Biggi, em busca do suspeito, que foi identificado como um homem de 25 anos, mas ninguém foi capturado. A 5ª Delegacia de Polícia Civil abriu inquérito para investigar o crime. Conforme dados da delegacia, o detento baleado cumpria pena desde 2006, quando foi condenado a 13 anos de prisão por homicídio qualificado ocorrido em 2005. Durante este período, ele vinha passando pelas unidades prisionais de Juiz de Fora até chegar à José Edson Cavalieri. Ainda segundo a Polícia Civil, o suspeito de cometer os disparos não possui antecedentes criminais. 

"Mais de cem presos saíram da penitenciária ontem com o benefício", informou o comandante da 70ª Companhia da PM, capitão Wellington Barreto, preocupado com a possibilidade de acontecerem mais tentativas de homicídio em função disso. "Vamos ficar nas ruas para impedir que ocorram mais crimes." A Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) confirmou que 127 detentos deixaram sexta-feira a Penitenciária José Edson Cavaliere com o benefício concedido pela Justiça. Informou ainda que não cabe ao sistema prisional acompanhar estes beneficiados, mas sim municiar as forças policias com informações sobre os contemplados pela Justiça.

Atentado em dezembro

No dia 12 de dezembro de 2012, um homem, 25, que cumpria pena na Penitenciária Ariosvaldo Campos Pires, mas gozava de saída temporária, foi assassinado com vários tiros, inclusive no rosto, dentro de um imóvel no Linhares. A vítima apresentava duas perfurações à bala no lado esquerdo da face, outra na parte direita, que poderia ter sido causada pela transfixação do projétil de calibre não definido. Também foram constatados dois ferimentos provocados por tiros nas costas e um no tórax.
tribunademinas

TWITTER

Siga o BLOG pelo Google+

Google+ Seguidores

Interessados