Propagandas

Pesquisar no BLOG

terça-feira, 25 de junho de 2013

Sindasp pede que morte do agente Ronilson Alves tenha mesmo empenho dado a casos de advogados e empresários.

Sindicato dos Agentes Penitenciários (Sindasp) emite nota de pesar pelo assassinato do gente penitenciário Ronilson Alves da Silva, 33 anos, em Mossoró. Foi encontrado com pelo menos um tiro na cabeça, no banco de trás do seu carro.

Lamenta que ele “foi vítima da insegurança sentida na pela diariamente por cada um de nós”.

Cobra: – “Esperamos que este caso receba o mesmo empenho da cúpula da segurança pública como tem sido em outros casos envolvendo empresários ou advogados. Que a Polícia Civil investigue a motivação do homicídio e consiga prender aqueles que tiraram a vida do agente penitenciário”.

Para não esquecer: - “Vale lembrar que este é o segundo caso de agente penitenciário (federal) assassinado em Mossoró, em menos de um ano. No dia 18 de dezembro de 2012, o agente penitenciário federal Lucas Barbosa Costa, de 22 anos, foi encontrado morto, com as mãos amarradas e os olhos arrancados, em uma estrada carroçável”.

Ronilson Alves trabalhava há quase 12 anos no Sistema Penitenciário do RN. Estava lotado na Penitenciária Agrícola Mário Negócio, em Mossoró, onde também morava.
Tribuna do Norte

TWITTER

Siga o BLOG pelo Google+

Google+ Seguidores

Interessados