Propagandas

Pesquisar no BLOG

sábado, 17 de agosto de 2013

Agentes penitenciários interceptam carregamento de celulares enviado a penal de Sena.

Os objetos proibidos foram arremessados por cima da muralha a menos de 25 metros da recepção da unidade

A vigilância da unidade prisional Evaristo de Morais, UPEM, realizou a apreensão de outra remessa de celulares que seriam destinados aos internos, durante campana montada na noite desta quinta-feira, 15, pelos agentes penitenciários...>
Após levantamento do setor de inteligência da unidade, os agentes detectaram uma nova tentativa dos bandidos enviarem aparelhos de telefones celulares para comparsas que cumprem pena por trafico de drogas e homicídio. Diante do levantamento, os agentes montaram campana e interceptaram quatro telefones celulares, um chip e um carregar de baterias.

Os objetos proibidos foram arremessados por cima da muralha a menos de 25 metros da recepção da unidade, pela parte da frente, onde fica o posto policial. Do lado de dentro, os agentes aprenderam os aparelhos que estavam embrulhados em uma fralda e presos em uma linha de tarrafa.

Após a apreensão, os celulares deverão ser encaminhados à perícia para identificar os proprietários por meio das impressões digitais. Esta não é a primeira apreensão dessa natureza. Em meses anteriores, os agentes já apreenderam celulares jogados sempre por cima da muralha, onde não existe vigilância. De acordo com a Lei de Execuções Penais (LEP) a guarda nas muralhas prisionais é de responsabilidade da PM, que no caso de Sena, não realiza tal procedimento alegando falta de condição de trabalho nas guaritas do presidio.
oriobranco

TWITTER

Siga o BLOG pelo Google+

Google+ Seguidores

Interessados